[breve lançamento] no encontro tudo se dilui . fe AVILA

R$110,00

o segundo fotolivro de Fe Avila traz uma sequência de retratos feitos em 2020, no início do período de isolamento social causado pela pandemia, e dá continuidade a sua pesquisa, que passa por corpo, performatividade e pela própria linguagem da fotografia. o livro reúne fotoperformances criados no encontro com amigs e artistas, que podem ser vistas também como autoretratos ou registros de pessoas isoladas em processo de transformação.

“o ego quer nos manter presos à certeza da identidade, mas a alma quer se diluir, se misturar e sentir que faz parte de algo muito maior que o eu. tudo se transforma, a natureza é mudança, a cura se dá no encontro, na transformação, no encontro tudo se dilui. esta série fotográfica nasceu da vontade de experimentar a partir do encontro, da necessidade de viver a solidão coletivamente, e da tentativa de criar imagens de forma compartilhada, através das telas.”

Entregas a partir de junho/2022.

Em estoque

  

“Estas fotografias foram feitas num período de grande transformação pessoal, em que sinto uma sensação de morte e renascimento que, entre outras transmutações, tem a ver com um processo de não me enxergar mais no papel de homem, na categoria binária de gênero imposta pela sociedade racista e heteropatriarcal.”

neste livro, Fe assina também um texto costurado com citações de outras autoras e autores em que se apoia. NO ENCONTRO TUDO SE DILUI foi destaque na revista ZUM e no IMS com uma entrevista onde Fe conta mais desse trabalho e da sua pesquisa na fotografia:

“Em Corpo presente (2019), com imagens feitas na rua, dos corpos em festa, em celebração e luta, fazendo um paralelo com o conceito de biopolítica de Foucault, para falar da máquina que o sistema opera para o controle dos nossos corpos.
Nesse segundo livro, No encontro tudo se dilui, as ruas ficaram vazias e os corpos estão no casulo, a relação com as pessoas retratadas tem um protagonismo maior e a câmera está mais próxima. Vejo um corpo se contorcendo, em transição, tentando manter a memória dos encontros de outrora, querendo explodir as fronteiras do gênero e da tela, na expectativa do contato e do encontro com o outro.”

“Os corpos tinham se transformado em pixels de luz, então ficava pensando o que seria transformar um pixel digital em um grão analógico. Tornar a imagem digital física novamente, na película do filme, em mais uma camada da imagem, e que depois de revelada passa por um processo de scanner digital e volta a ser pixel”

“Também tenho pensado que na nossa sociedade quase tudo é performance, desde o gênero, até como nos encontramos e andamos na rua, ou no movimento de um corpo com uma câmera fotográfica na mão. Fotografar me faz pensar na performance desse corpo que fotografa.”

“Quando montava a sequência das imagens pensava em um filme. O cinema é uma grande influência para meu olhar e enquadramento, a ideia era que cada uma das 33 imagens presentes no livro fossem frames de um fotofilme, onde os corpos se transformam enquanto vão se encontrando e se reconhecendo nesse labirinto de espelhos, feito de câmeras e telas.”


leia a entrevista completa na revista ZUM

Fotografia, performance, isolamento social e identidade de gênero no fotolivro do artista Fe Avila

Fe Avila & Andressa Ce . 15.03.2022


 

 

fe avila

Fe Avila (São Paulo, 1981), pós-graduado em História da Arte, artista em transformação, realizou a exposição Masculino dócil (2017), em dupla com Helio Siqueira e com curadoria de Eder Chiodetto, e publicou o fotolivro Corpo presente (2019), com participações na FLIPEI e Feira Tijuana, selecionado destaque do ano no Festival ZUM do Instituto Moreira Salles, e parte do acervo da Biblioteca Mário de Andrade. No presente trabalha com a fotografia, pensando na performance, na experimentação da corporalidade, na relação com outros seres da natureza e na câmera como ferramenta para mediar uma outra forma de encontro.

++ o projeto contou com 63 apoios ++

agradecemos a todas pessoas anjas que participaram da pré-venda deste fotolivro e colaboraram para que ele viesse ao mundo  <3


meta alcançada


 

 

Peso 0.5 kg
Dimensões 17 × 1 × 25 cm
Autor(es)

fe AVILA

Título

no encontro tudo se dilui

Editora

Lovely House

Desenho gráfico

Martinica Space

ISBN

978-85-85039-09-7

Edição

Ano

2022

Tiragem

300

Local de produção

São Paulo . Brasil

Idioma

Português

Encadernação

Brochura com sobrecapa em PVC

Páginas

80

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.

SKU: LOV-00108A Categoria: Tags: ,
Updating…
  • Nenhum produto no carrinho.