Eu te invalido . Daniel Dayan

R$90,00

Parodiando uma frase da fotógrafa Nan Goldin, você só pode fazer o que você pode fazer. Só é possível realizar algo realmente verdadeiro, caso se tenha a chave para esse algo, disse ela. Todo o resto seria artificial.

“Eu te invalido” é a reunião de vários trabalhos realizados desde os anos noventa, amarrados através de uma narrativa editorial que inclui também o projeto gráfico: o livro foi todo envelopado com imagens do ensaio “Cicatrizes”, explicitando talvez o sentido de ruptura entre interior e exterior.

Em estoque

  

Para unir esses trabalhos, cabe bem o pensamento do artista francês Christian Boltanski: “o artista é como o sujeito que viaja uma vez e passa o resto do tempo contando como foi”.

As questões sobre a impossibilidade da comunicação, morte, violência, a limitação do tempo, são elementos que vão entrando na narrativa de forma espontânea. Estão lá, e não poderia ser de outra forma, caso ela se pretendesse verdadeira.

Daniel Dayan (1960), vive e trabalha em São Paulo, onde nasceu. Desde 1981 atua na Fotografia, aplicada ao design, à publicidade e em projetos autorais.. Publicou ensaios e matérias sobre a sua carreira nas Revistas Iris Foto, Carcara Photo Art e NomirrorMag. Foi membro da Abrafoto e participou do coletivo Hermes Artes Visuais. Continua ativo na Fotografia nas áreas profissionais e autorais.

Peso 0.2 kg
Dimensões 17 × 1 × 23 cm
Autor(es)

Daniel Dayan

Titulo

Eu te invalido

Editora

Origem

ISBN

978856444402

Edição

Ano

2020

Tiragem

200

Local de produção

São Paulo . Brasil

Idioma

Português

Encadernação

Brochura

Páginas

60

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.

Updating…
  • Nenhum produto no carrinho.