Uncommon Places: The Complete Works . Stephen Shore

R$230,00

Originally published in 1982, Stephen Shore’s legendary Uncommon Places has influenced more than a generation of photographers. Shore was among the first artists to take color beyond the domain of advertising and fashion photography, and his large-format color work on the American vernacular landscape inaugurated a vital photographic tradition.

Fora de estoque

Originally published in 1982, Stephen Shore’s legendary Uncommon Places has influenced more than a generation of photographers. Shore was among the first artists to take color beyond the domain of advertising and fashion photography, and his large-format color work on the American vernacular landscape inaugurated a vital photographic tradition. Uncommon Places: The Complete Works, published by Aperture in 2005, presented a definitive collection of the landmark series, and in the span of a decade has become a contemporary classic. Now, for this lushly produced reissue, the artist has added nearly 20 rediscovered images and a statement explaining what it means to expand a classic series. Like Robert Frank and Walker Evans before him, Shore discovered a hitherto unarticulated vision of America via highway and camera. Approaching his subjects with cool objectivity, Shore retains precise systems of gestures in composition and light through which a hotel bedroom or a building on a side street assumes both an archetypal aura and an ambiguously personal importance. An essay by critic and curator Stephan Schmidt-Wulffen and a conversation with Shore by writer Lynne Tillman examine his methodology and elucidate his roots in Pop and Conceptual art. The texts are illustrated with reproductions from Shore’s earlier series American Surfaces and Amarillo: Tall in Texas.
At age 14 Stephen Shore (born 1947) had his work purchased by Edward Steichen for The Museum of Modern Art, New York. At 17 Shore was a regular at Andy Warhol’s Factory, producing an important photographic document of the scene, and in 1971 at the age of 23 he became the first living photographer since Alfred Stieglitz 40 years earlier to have a one-man show at the Met. He has had numerous one-man shows, among others at The Museum of Modern Art, New York; George Eastman House, Rochester; Hammer Museum, Los Angeles; and The Art Institute of Chicago. Since 1982 he has been Director of the Photography Program at Bard College, Annandale-on-Hudson, New York.

Originalmente publicado em 1982, o lendário Uncommon Places de Stephen Shore influenciou mais de uma geração de fotógrafos. Shore estava entre os primeiros artistas a ganhar cor além do domínio da fotografia publicitária e de moda, e seu trabalho em cores de grande formato na paisagem vernacular americana inaugurou uma tradição fotográfica vital. Uncommon Places: The Complete Works, publicado pela Aperture em 2005, apresentou uma coleção definitiva da série histórica, e no espaço de uma década tornou-se um clássico contemporâneo. Agora, para esta reedição de produção luxuosa, o artista adicionou quase 20 imagens redescobertas e uma declaração explicando o que significa expandir uma série clássica. Como Robert Frank e Walker Evans antes dele, Shore descobriu uma visão até então não articulada da América via rodovia e câmera. Aproximando-se de seus objetos com objetividade legal, Shore mantém sistemas precisos de gestos em composição e luz, através dos quais um quarto de hotel ou um prédio em uma rua lateral assume tanto uma aura arquetípica quanto uma importância ambígua. Um ensaio do crítico e curador Stephan Schmidt-Wulffen e uma conversa com Shore da escritora Lynne Tillman examinam sua metodologia e elucidam suas raízes na arte pop e conceitual. Os textos são ilustrados com reproduções da série anterior da Shore American Surfaces e Amarillo: Tall in Texas.Aos 14 anos, Stephen Shore (nascido em 1947) teve seu trabalho adquirido por Edward Steichen para o Museu de Arte Moderna de Nova York. Aos 17 Shore era um regular na Fábrica de Andy Warhol, produzindo um importante documento fotográfico da cena, e em 1971 com a idade de 23 anos ele se tornou o primeiro fotógrafo vivo, desde Alfred Stieglitz 40 anos antes, a ter uma exposição individual no Met . Ele teve inúmeras exposições individuais, entre outros, no Museu de Arte Moderna de Nova York; George Eastman House, Rochester; Hammer Museum, Los Angeles; e o Instituto de Arte de Chicago. Desde 1982, ele é diretor do Programa de Fotografia do Bard College, em Annandale-on-Hudson, Nova York.

Peso 2.1 kg
Dimensões 33.5 × 3.6 × 26.8 cm
Autor(es)

Stephen Shore

Titulo

Uncommon Places: The Complete Works

Editora

Aperture

ISBN

9781597113038

Edição

Ano

2015

Local de produção

New York, EUA

Idioma

Inglês

Encadernação

Capa Dura

Páginas

207

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.

SKU: APT-00002 Categoria: Tags: ,
Updating…
  • Nenhum produto no carrinho.