caminhar-inventariar #02 LO COMÚN . Ricardo Luis Silva

R$25,00

“caminhar-inventariar #02 LO COMÚN: possíveis cartografias etnográficas do cotidiano do bairro Franklin” é um livreto-caderno de campo para experiência programada e realizada em formato de oficina, durante a Bienal Internacional de Arquitetura do Chile, em 2019.

Apenas 2 em estoque

  

“Observe sua rua de vez em quando, talvez com um pouco de cuidado sistemático. Aplique. Não tenha pressa. Anote o local: a esplanada do café perto do cruzamento Bac-Saint-Germain. O horário: sete da tarde. A data: 15 de maio de 1973. O tempo: bom com certeza. Escreva o que você vê. O que for importante. Podemos ver o que é importante? Existe algo que chama nossa atenção?
Nada chama nossa atenção. Não sabemos como ver.
Você tem que ir mais devagar, quase desajeitado. Obrigar-se a escrever sobre o que é desinteressante, o que é mais óbvio, o mais comum, o mais estranho.
A rua: tentar descrever a rua, de que é feita, para que serve. Pessoas na rua. Os carros. (…) Imobiliária. (…) As lojas. (…) Os mercados. (…) Não diga, não escreva . Obrigando-se a exaurir o assunto, mesmo que pareça grotesco, fútil ou estúpido. (…) Descubra um ritmo. (…) Olha as placas dos carros. (…) Leia o que está escrito na rua. (…) Continuar. Até que o lugar se torne improvável, até que você tenha a impressão, por um breve momento, de estar em uma cidade estrangeira.”
(Perec, Espécies de espaços, 1974)

Com base nesta proposta apresentada pelo escritor francês Georges Perec, no livro Espécies de Espaços e também na Tentativa de Esgotamento de um Local Parisiense, a oficina (e depois o livreto-caderno de campo) visa estabelecer uma leitura entográfica de alguns quarteirões do bairro Franklin (ou de qualquer outro local a sua escolha). Pretende-se explorar o cotidiano percebido, anotado e registrado neste caderno de campo etnográfico. Mapeando o cotidiano, a passagem do tempo, o ordinário e o insignificante. Escreva o espaço vivido: anotações, esboços, adesivos, gravações, coleções de trapos. Em suma, o processo abordará os personagens, portas, cantos, sons, diálogos, obras, texturas, movimentos, animais, tempos, memórias, vestígios, rastros. O cotidiano urbano inesgotável e incontrolável.

Aprecie o que acontece quando nada acontece.

Este caderno de campo é apenas uma sugestão de inventário. Existem 15 itens a serem observados e anotados. Fique à vontade para explorar o local à sua escolha a partir desses elementos ou até criar outra lista de observações.

Peso 0.045 kg
Dimensões 15 × 0.2 × 21 cm
Autor(es)

Ricardo Luis Silva

Titulo

caminhar-inventariar #02 LO COMÚN

Editora

Edição de autor

Edição

Ano

2019

Idioma

Espanhol

Encadernação

Brochura

Páginas

24

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.

SKU: RLS-000011 Categoria: Tag:
Updating…
  • Nenhum produto no carrinho.